Barbadas e RoubadasRede de viagensRoubadas

26.10.2009

Traslado inexistente para hostel em Buenos Aires

Quando fui à Buenos Aires, fiquei três dias no Hostel Corrientes. Acima de 3 dias o traslado do Aeroporto era gratuito. Assim, fiz a reserva de três dias para ganhar este serviço, mas, quando cheguei ao Aeroporto fiquei esperando mais de uma hora sem que o traslado chegasse, liguei ao número de telefone que estava na reserva mas ningúem atendia – era um celular – procurei em vários guichês de traslados informações mas todos quiseram cobrar novamente o valor. Até que decidi ir ao hostel por minhas expensas. Uma clara falta de preocupação com os clientes por parte do hostel Obelisco.
De qualquer forma, Cristian Calomarde (funcionário do hostel) reembolsou-me uma quantia de R$ 70,00 em meu cartão de crédito, que ajudou um pouco a esquecer a imagem negativa que tive do local.

Rafael Palma

 

Compartilhe por aí

Sobre o autor

Rolar para cima