BarbadasBarbadas e RoubadasRede de viagens

24.12.2008

Tour

Acabei de chegar da Venezuela (dez/08), onde visitei Los Roques, Parque Nacional Morrocoy e Isla Margarita. Seguem algumas dicas.
Fui de milhagem pela Tam, moleza, 20.000 milhas e em 8 horas, escala em Manaus, você já está em Caracas. HOJE OS VOOS DA TAM SÃO DIRETO GUARULHOS – CARACAS
Câmbio
É meio confuso de entender, na prática é tranquilo, porém fique esperto: o dólar vale 2,15 bolivares no oficial. Esqueça!!! Não use.
Ao chegar no país, ainda na alfândega vão te oferecer mais do que esse valor. A mulher da alfândega me ofereceu a 2,70. Logo depois o guarda me ofereceu a 3,20 ao sair no hall do aeroporto, os cambistas me pagaram 4,00.
É seguro, as notas são novas e bem fáceis de serem identificadas, porém, por via das dúvidas, eu troquei e logo perguntei em uma loja se eram verdadeiras.
Pelo restante do país, esse valor oscilou entre 3,20 a 4,30.
A dica é levar dólar ou euros e não gastar nada no cartão de crédito, pois será convertido pelo câmbio oficial, o que tornará sua viagem mais cara. Não compre mais do que irá gastar pois eles não trocam bolívares por dólar.
Preços e dicas de aéreo
Barganhe em tudo: o primeiro preço deles é sempre uns 30 bolivares a mais do que vale.
A gasolina é quase de graça, 2 dólares para encher o tanque. A cerveja é o mesmo preço. Os ônibus urbanos custam 20 cents de dólar, o resto e mais ou menos 20% mais caro que no Brasil, porém a qualidade é inferior, principalmente nos hotéis, onde se paga muito caro e a qualidade é ruim.

Outra dica é colocar na ponta do lápis se vale ir de ônibus ou de avião, já que um táxi para Caracas custa 50 dólares, quase o mesmo valor da passagem para Isla Margarita, pensando que você ainda vai gastar com a passagem de ônibus mais ferry, entre outros. Considere essa hipótese, mas ainda se você for de Los Roques para Morrocoy ou Margarita, pois de qualquer jeito você tem que sair de Los Roques de avião, então, ao invés de voltar a Caracas, vá para Porlama (Isla) ou Valencia, cidade mais perto para você pegar o busão para Tucacas, porta de entrada para Morrocoy.
Se os aviões estiverem cheios, entre na lista de espera, é muito comum e deu certo para nós.
Aluguel de carro é um absurdo, 10 dólares por dia.
Geral
O país em geral é feio, sujo, com infra-estrutura ruim, perigoso. As pessoas que prestam serviços em geral são desleixadas e desinteressadas em prestar um bom serviço, porém a população é atenciosa e sempre disposta a ajudar. São nacionalistas, politizados, adoram salsa e cerveja. As pessoas são fisicamente feias, esqueça esse papo de misses.
As estradas possuem pedágios e mesmo assim nem sempre estão em bom estado.
Leve máscara e snorkel do Brasil, você economizará um bocado.

LOS ROQUES
O paraíso. O lugar é lindo, maravilhoso, praias lindas, águas em todos os tons, maravilhoso para mergulhar, porém sem estrutura turística. A noite não se tem nada especial para fazer a não ser tomar uma cerveja e conversar com os locais. Os preços são altos, mas é imperdível.
No avião, fique do lado esquerdo, a vista é melhor.
Fizemos passeios a:
1- Cayo D’água – lindo,
2- Boca de cote, mergulho, depois praia para ver tartarugas e terminando em Cayo Madriscal – lindo,
3- Cayo Francisqui, a parte para mergulhar está atrás da ilha, procure pela piscina – maravilhoso,
4- Playa Crasqui, praia linda, “só” não é boa para mergulhar.
Outros passeios.
Subir ate o farol, vista linda. Não perca o mergulho na própria ilha de Gran Roque, é maravilhoso. O local é meio escondido, mas de fácil acesso, atrás de uma casinha a direita da pista do aeroporto, você vai chegar a uma prainha sem graça, nade uns 50 metros e se mate de ver tantos peixes coloridos.
O hotel mais barato é o Chez Judith, 25 dólares por pessoa com café da manhã.

ISLA MARGARITA
Com certeza a maior decepção de um lugar turístico de minha vida. Não entendo como pessoas vem de tão longe para ver um lugar tão sem graça.
Porlamar é suja, feia, e para quem acha que por ser porto livre as coisas são baratas, esqueça.
Em Porlamar o mercado popular fica na avenida 4 de Maio, de onde se pega ônibus para ir até o shopping de Sambil, o mais famoso da cidade, lojas de grife mas nada de mais.
Ao final da Av 4 de Maio está a Plaza Bolivar, de onde saem os ônibus paras as praias.
Demora-se aproximadamente 1 hora até elas.

El água, Parguito, Caribe, Juan Grieco: não vá! Não vale a pena, qualquer praia no Brasil é melhor, não se iluda pensando que aqui é o caribe dos seus sonhos, não é.

Hotel Chez Dacar 20 dólares o casal
O táxi do aeroporto para a cidade custa 20 dólares
Uma boa dica é comprar comida no supermercado Rattam, fica na 4 de Mayo, enorme e tem de tudo.

MORROCOY
Pegamos um ônibus na horrível rodoviária de Valencia quando já era 9 da noite. Não se compra bilhete nos guichês, vá direto aos ônibus, que ficam esperando encher para sair.
Até Tucacas são 2 horas. Tirando a avenida principal, que é razoável, o resto da cidade é um lixo, suja, com as ruas laterais parecendo um cortiço.
Fique no hotel do Carlos, o melhor custo benefício da cidade, você irá pagar muito mais em outros e terá quase o mesmo serviço.
Tem uma ótima padaria na avenida principal, e muitos mercadinhos.
Existem dois principais acessos ao porto, se é que aquele lixão pode ser chamado assim: na avenida principal, após um casarão amarelo, à esquerda está uma entrada, e, na segunda à esquerda, a outra entrada.
Embora a segunda seja maior, é da primeira que saem a maioria dos barcos. Não se assuste, é uma rua feia, dá até receio de entrar, mas é ali mesmo.
Fizemos dois passeios:
Isla sombrero. No caminho, peça para parar na piscina de Juanes. Linda, água transparente, fica-se aí por meia hora, pois não é uma praia, apenas uma piscina natural. Depois se vai para Sombrero, lugar lindo, bom para mergulho. Nade uns 50 metros até chegar nos arrecifes, você irá passar um dia maravilhoso.
Playale. Mais perto da cidade, praia bonita, vale a pena, porém Sombrero é mil vezes melhor.
Atenção: o preço é sempre por barco, mesmo não gostando fica mais barato conversar com o pessoal que fica recebendo os turistas perto do porto, pois eles juntam várias turmas.

O ônibus para Valencia sai a cada 30 minutos, não há direto para Caracas.

Aruba e Curaçao
Para quem pretende ir para lá, as cias aéreas que fazem o trajeto são: Avior, Dae, Coviasa, Aserca e Venezuelana.

Qualquer dúvida, me escrevam.

Alexandre

Compartilhe por aí

Sobre o autor

Rolar para cima