Barbadas e RoubadasRede de viagensRoubadas

02.07.2008

Taxistas desonestos

Voltei de Buenos Aires há uma semana e tive a comprovação que os taxistas são efetivamente ladrões – com raríssimas exceções. A forma de roubar pode ser diversificada: fazendo voltinhas para aumentar o preço da corrida ou escondendo a nota entregue e dizendo que não foi dado valor suficiente. Na hora, discutir é perda de tempo, tem que ameaçar chamar a polícia e ir saindo do carro…Cuidado também com os que oferecem corridas grátis a grandes outlets de marcas famosas. Roubada. A impressão que dá é que praticamente todos os argentinos têm alguma malícia na negociação com os brasileiros. Tem que ficar de olho, por mais que na hora pareça paranóia. A cidade é legal, mas os portenhos podiam ser mais educados…

Adriano

 

Compartilhe por aí

Sobre o autor

Rolar para cima