Barbadas

Mochilinha: Curitiba em 2 dias

Era início de setembro de 2013. Cheguei pela rodoviária, em frente ao Mercado Municipal, que parecia recém reformado e com muitas barracas interessantes e bacana, boas opções para comer a partir das 7h da manhã.

Em seguida, fui ao ponto da linha amarela. Peguei o ônibus turístico e tive a noção de como a cidade é preparada para recepção. Paguei 40 reais para ir às principais atrações da cidade, o que de carro sairia bem mais caro.

Aliás, não alugue um carro em Curitiba, estude as linhas de ônibus pelo Google Maps, mostra até os horários, ou pergunte nos terminais de biarticulados espalhados pela cidade. Também tem um ponto de informação no rodoviária e outro na rua 24 horas.

Ao fim do dia, descobri que para quem vai a Curitiba, o Knock Knock Hostel é uma ótima pedida. Arrumado, bonito e barato. Os funcionários eram em sua maioria de outros países e bastante prestativos, a estadia vem com café da manhã e dá para agendar online.

No dia seguinte, andei pelo centro, visitei as universidades federais, o que era meu objetivo maior, e fui ao shopping Curitiba, pegar um cineminha até a hora do meu ônibus, uma dica da guia da rua 24 horas, é no centro e sai bem em conta.

Uma ótima cidade, recomendo.

Ana Paula Galvão Rocha

Não deixe de visitar o Atomium

Em Bruxelas não deixe de visitar o ATOMIUM. Construído em 1958, ele é a réplica de átomos de ferro com 103 de altura, você entra lá dentro e sobe pelo elevador, e vai parando em cada um dos 9 espaços do átomo para conhecer cada um dos 8 vértices existentes e em cada uma você vê fotos de personalidades famosas, esculturas. Tem restaurante e ainda se vê a vista panorâmica total da Cidade. Vale muito a pena

Karen

Camping em Caldas Novas – GO 

Se você vai para Caldas Novas, Goiás e não quer se hospedar em hotéis ou flats, porque não encontra vaga ou sai muito caro, uma boa dica é acampar no Lagoa Park. O pacote fica em torno de R$ 160,00 por pessoa, para curtir quatro dias e três noites e você pode levar o que quiser (comes e bebes). A entrada dá direito a frequentar o magnífico club com muitas atrações inclusive com música ao vivo nos finais de semana. Também há três opções de restaurantes à sua disposição. O Club fecha às 18h, mas quem está acampado desfruta de piscina quente a noite toda. Bom passeio.

Stenio

França

Ano passado conheci a inesquecível Paris e de lá rumei para Reims, cidade vizinha, da região da Champanhe, através de trem bala, comprando as passagens diretamente no site da empresa SNCF, (não caia na besteira de comprar pelo site da Tam, pois cobram uma taxa a mais), e, estando lá, visitei várias caves e a que me deixou maravilhado foi a magnífica Veuve Clicquot, recomendo muito.

Rodrigo Torres Kummer

Hostel em San Pedro de Atacama

Ficamos em um hostel cerca de 1,5km fora do centro da cidade, o Puripika. No início o receio de ter de caminhar muito mostrou-se infundado, visto que a cidade é segura e rapidinho se chega ao centro. Como vantagens, tivemos a tranquilidade à noite, a hospitalidade da Alejandra (a dona) e a limpeza impecável dos quartos. A cozinha poderia ser melhor equipada, mas fizemos jantar todas as noites, sem problemas.

Leila Leperin

Escargot

Para quem sempre teve curiosidade ou quer tirar uma onda com os amigos sem gastar muito, aí vai uma boa dica: a barraquinha de um senhorzinho que vende escargots cozidos em frente ao Manekken Pis. Acho que custa 4 euros e vêm uns 8 ou 9 (dá pra rachar)!
E nem é tão ruim assim, é tipo um chiclete salgado, mas firme!
Vale a pena!!

Val Sarpa

Banheiro Hotel Formula 1

Toda vez que ia utilizar o banheiro do Hotel F1, ficava procurando a descarga, para minha surpresa fiquei sabendo que a descarga funcionava quando eu saia do banheiro e fechava a porta.

Peter

Uma pousada em Alter do Chão que parece a sua casa 

POUSADA SOMBRA DO CAJUEIRO, em Alter do Chão.
Na pousada, além de bons apartamentos, boa localização, cajueiro, mangueira, pássaros e excelente café da manhã, tem o ótimo atendimento e acolhimento da Eliana, do Eduardo e das funcionárias. Mas o pequeno LUCAS é o diferencial, parece que a gente está em casa com os nossos familiares, ruim só a hora de ir embora.
Vá, você vai gostar.
Jorge e Ligia.

trindade

Tiradentes – encantadora! 

A cidade está uma graça, muito bem conservada! Pousadas e restaurantes de nível internacional, atendimento de primeira, cerveja sempre gelada. Experimentem o excelente chope local, da cervejaria Tiradentes (bar Nossa Terra, ou coisa parecida, bem na praça). Ficamos na Pousada Alforria, a 500 m da praça, local tranquilo com muitos pássaros, móveis e rouparia de ótima qualidade, chuveiro excelente. O proprietário é artista plástico, o que reflete em todo o ambiente da pousada. Só pecou pela internet, que funciona muito bem no hall, mas às vezes falha nos quartos. Café simples mas bom, embora repetitivo, ao som de música clássica (também repetitiva). Diária p/ 2 = R$ 285.
Mas a dica principal da cidade é o restaurante MONASTÉRIO, a poucos passos da praça principal: ambiente fino, luz de velas, móveis clássicos, música baixinha e preços inacreditáveis. A especialidade da casa é o fondue, pedimos de queijo (R$ 54) e quase não demos contas: éramos 2 e ele serve tranquilamente 3/4 pessoas! Entrada: bruschettas de gorgonzola (cortesia); sobremesa: Petit Gateau (também cortesia, mas por tempo limitado) e trufas (propaganda de lojinha local). Jarra de suco natural de uva (10 reais), chopp Heinekin (6,30 350ml). Tem uma vasta adega também, mas como minha praia é cerveja, não observei os preços.
Na segunda noite comemos risoto de camarão, absurdamente fantástico (44 reais para dois com folga). Com as bruschettas de entrada, não aguentamos o Petit Gateau… ficamos só nas trufas, desta vez acompanhadas de licor de chocolate e menta. Soma-se a tudo um atendimento personalizado. Olha que eu sou bem chata/crítica com serviços, mas este de fato eu recomendo.
Tem um ecoturismo legal também – fizemos uma cavalgada de 2 horas ao pé da serra São José (maravilhosa!!!) por R$ 90/pessoa. Caro, mas excelente. Só fiquei com “perna de pau” por uma semana…
Infelizmente, a cidade fica péssima em época de eventos (festivais de cinema / gastronomia / motos / carnaval) lotada de gente sem noção. Recomendo em época de férias e feriados comuns, e fins de semana: o comércio não fecha (e o artesanato é lindo, mas caríssimo).

Gloria

Curitiba – Lugar de ótimas recordações 

Eu e minha esposa fomos a Curitiba nesse mês. Ficamos encantados com a beleza e cultura da cidade. Fizemos o passeio de Jardineira (o ônibus da linha turismo) e conhecemos vários pontos turísticos. Fizemos também o By Night com o Reginaldo Meira (Regis) da Eco Verde Turismo e adoramos o passeio. Um passeio pela cidade à noite maravilhoso que foi feito com toda atenção, pois o Regis tem muita boa vontade e é super bem humorado. Valeu muito a pena! Depois de visitar o Jardim Botânico à noite e o Museu Oscar Niemayer, fomos até a cidade de Santa Felicidade e degustamos vinhos e queijos na Durigan e em seguida um jantar no Madalosso. Regis nos apresentou a proprietária do restaurante e jamais esqueceremos a simplicidade daquela conversa. Foi tudo muito bom! Fizemos também o passeio de trem para Morretes, a estrada é linda demais! Curitiba é uma cidade linda e limpa e queremos voltar lá com os filhos que ainda teremos.

William Azevedo