Barbadas

Buenos Aires

Nas informações turísticas, peça voucher de descontos
Em Buenos Aires, tanto no Aeroporto Internacional (Ezeiza) quanto no de voos domésticos (Aeroparque) há quiosques de Informações Turísticas. Se estiver procurando albergues e/ou hotéis baratos, dirija-se a eles e peça um talão promocional que contém vouchers de diversos hotéis e restaurantes. Há descontos grandes em alguns hotéis (maioria são antigos, porém limpos) super bem localizados que dão desconto de $20-$30 pesos na diária com café da manhã. Assim, se estiver em 2, as vezes vale mais a pena ficar num desses hotéis, com banheiro e TV a cabo no quarto, do que nos albergues. Abraços.

Rafael Martins

Puerto Montt melhor do que a fama 

A fama da cidade chilena de Puerto Montt é de suja, feia e perigosa, mas não foi isso que constatei nos 10 dias que passei ali. O que se ouve falar de mais perigoso são furtos ocasionais sem agressão ou armas, coisa possível em qualquer lugar do mundo. Até mesmo nos menores vilarejos. O povo é trabalhador, acolhedor, solícito, simples e afável. E o melhor de tudo: cheio de identidade. Vocês terão vontade de pagar boas gorjetas.

A cidade é a capital regional da província de Los Lagos e os arredores são belos de tirar o fôlego e os passeios não são caros. Experimentem passar alguns dias na Ilha Chiloe, um lugar cheio de misticismo e mitologia. Sugiro que se hospedem na parte baixa da cidadezinha de Castro, uma das mais antigas do Chile. Há ônibus no Terminal Rodoviário que atravessam para a ilha de ferry. Não deixe de provar o curanto, prato típico da região.

A cidade também é boa para compras: vestuário e calçados de qualidade chilena a preço de banana. Se chegarem de ônibus, ao sair do terminal rodoviário, tomem a mão direita e subam a primeira rua à esquerda, chamada Allende. Em uma das esquinas, vocês encontrarão dois hostales, o Pacífico e o Central. No inverno, o quarto 207 ou 208 do Pacífico são ideais: vocês nem precisarão ligar a calefação. No verão, o quarto 103 do Central é melhor por possuir varanda.

Ao chegar de avião, peguem no aeroporto o ônibus que leva ao Terminal Rodoviário, que é a última parada, e vocês estarão bem no centro da cidade. Fujam apenas do hotel Terrazas del Mar porque ali eles não são muito honestos. O hóspede pede simplesmente um quarto single e eles, sem nos avisar que existem singles de diferentes tamanhos, dão um single grande em vez de um single pequeno e se sentem no direito de cobrar mais caro.

Carmem Silva

Ávila

Para quem está em Madrid, não deixe de fazer uma visita a Ávila, que está a uma hora e meia de trem. É uma cidade pequena e pacata, mas muito bonita. Esta é a terra natal de Santa Tereza de Jesus. Mas a grande atração são as muralhas, que datam do século XI. Dentro da muralha está a cidade velha, onde se encontra a catedral, ainda inacabada, alem do Santuário de Santa Tereza. Além disso, tem a igreja de San Sebastian, de San Pedro, o Monastério de Santo Tomas… E não deixe de provar os doces típicos da cidade, a “yemas de Santa Tereza”. Para ter uma foto com um panorama legal da cidade toda, vá aos “Cuatro Postes”, onde Santa Tereza foi encontrada ao fugir de casa ainda menina, a caminho de um convento em Salamanca (uma hora e meia de ônibus).

Pedro

Baladas

Acabei de chegar de uma trip de 31 dias com uma amiga pela Europa. Vai aí uma dica, para quem vai a Madrid e adora uma balada! A melhor boate que fui na Europa. Chama-se Joy Eslava, é um antigo teatro lírico nota 1000! Em compensação, o pior show de Flamenco possível chama-se Teatro de la Pacheca, uma fortuna e o show super pobre e sem graça.

Paola
 

Cachoeiras belíssimas em Pauji

Um lugar muito interessante para quem curte a natureza é Pauji, um vilarejo localizado na Venezuela, a umas 6 horas de Boa Vista (Roraima). É um local com várias cachoeiras belíssimas. Vale a pena conhecer, mas tem que ser de carro 4×4 e com um bom motorista.

Ismênia

Dicas

Eu e minha esposa estamos em Barcelona e seguem algumas dicas:

1- quem visitar o Parc Guell, importante saber que no lado esquerdo do parque de quem vem sentido Las Ramblas ou pela Sagrada Família há uma rua (esquina com a rua sant cougat) que tem 3 escadas rolantes. O parque fico no ponto mais alto do bairro e quem gosta de andar como nós chega muito cansado pois são ruas bem íngremes. Outra informação sobre o parque é que só o acesso a ele está gratuito. Mas o mirante e onde ficam as esculturas na parte central são pagos (em torno de 7 euros cada).

2 – voltando por essa escada a pé, há uns 7 quarteirões em linha reta existe um bar interessante chamado Pirineus Bar, na rua Carrer de Bailen, bem na esquina. Lá vc pede um chopp e ganha uma tapa! Não são as melhores, mas vale para mordiscar já que a cerveja custa só 2 euros e são 350ml.

3- um ótimo lugar para comer quando o dinheiro é curto é uma rede chamada 100montaditos. A caneca de cerveja custa 1,5 euros e as batatas 2. Lanches numa porção de até 7 mini lanches (são de tamanhos razoáveis) custam 6 euros e aos domingo parte do cardápio é só 1 euro. Tem uma seguindo reto na praça da Catalunha do lado oposto das Las Ramblas!!!

Armando e Adriana

Dicas de Portugal

Olá, boa tarde!

Gostaria em primeiro lugar de parabenizá-los pelo guia! É excelente!

Vou fazer 6 meses de doutorado na Europa e estou seguindo todas as dicas de vocês para viajar.

Tenho duas considerações a fazer para a próxima edição:

1) Em Portugal, poderiam incluir a região do Algarve, que é muito bonita e com um clima muito semelhante ao Brasil. Minha base de estudos é aqui e senti falta desta região no guia. Muitas praias, Falésias (por exemplo a costa de Sagres, que na época dos descobrimentos era chamado de “o fim do mundo” devido as falésias) as reservas (Ria Formosa, ecossistema único no mundo), pontos de surf e mergulho.

2) Sobre Lisboa: Há um prolongamento da linha rosa do metrô. Agora, vai além da Estação Oriente (que levava até o Oceanário somente). Esta linha agora leva até o Aeroporto de Lisboa, facilitando mais os deslocamentos.

Abraços!

Wanessa P. D. Carmo

Coche e Los Roques

Apesar de voltar decepcionado pelas praias não serem aquilo que eu imaginava, por outro lado valeu a pena.
Se você for a Venezuela, vá direto para a ilha de Coche ou Los Roques, a única coisa que presta ali.
Mas não compre o passeio (pacote) para Coche com tudo incluso, vai perder dinheiro, é furada, passeio de periferia, muita gente feia e bêbada nos barcos.
Bom, o Bolivar está 25 para 1 real, troque em Pacaraima, pois é mais confiável. Hotéis: não se iludam pela fachada, às vezes bonita. As acomodações são péssimas.
A unica melhorzinha que encontrei foi hotel Maria Luisa, 500 bolivar a diaria.
Onibus Santa Helena até Puerto Ordaz 210 bolivares,.
Aviao Puerto Ordaz Porlamar (Margarita) 1.000 bolivares por pessoa. (vale a pena).
O povo Venezuelano é muito educado, fora Puerto Ordaz que tem muito pilantra.
O problema dali é a estrutura que não funciona, não tem profissionalismo.
Conselho: Em Junho vai começar a ter voo pra Margarita saindo de Manaus, me parece que vai ser 1.400,00 ida e volta. Vale a pena pra você não sofrer nas estradas.

Amorim

Oásis no inferno

O banho de mar em Cacha Pregos, Ilha de Itaparica, região metropolitana de Salvador, continua sendo uma barbada em meio à grande roubada que é o Recôncavo baiano. Não fica em nada a dever a algumas praias do Caribe que já conheci. A praça do povoado, em frente ao mar, é frequentável mesmo um pouco depois de escurecer. Só não se hospedem nas pousadas à beira da praia. As hospedagens do centro são mais baratas e mais seguras.

Maria

Santarém Alter do Chão 

Tudo de bom Alter do Chão. Indico a pousada Tia Marilda, simples, barata, com um ótimo café da manhã (boa para quem não tem muita frescura). Agora, se quiser ficar bem no conforto, aconselho a Pousada Mingote que fica ao lado: 4 estrelas. Aconselho também ficar no máximo 3 a 5 dias, senão fica monótono.

Amorim