Barbadas e Roubadas

Confira as boas dicas de viajantes que são verdadeiras barbadas! Quem sabe você não aproveita na sua próxima viagem?!

Os viajantes alertam – é roubada! Veja as suas dicas negativas (mas lembre-se que a experiência de um não necessariamente será a experiência de outro).

Buenos Aires

Como ir do Aeroporto de Ezeiza ao centro de Buenos Aires

Há anos viajantes procuram meios mais baratos e confiáveis de se deslocar do aeroporto de Ezeiza para o centro de Buenos Aires que os temíveis taxis (temíveis para uns, não para outros, já que a experiência é relativa e pessoal. Eu, em 8 vezes na capital portenha, nunca tive problema com taxi algum). E a alternativa sempre era a conhecida Manuel Tienda León. Pois esqueça dela.

 

Ao sair do desembarque no terminal A de Ezeiza, saia pela direita e caminhe uns 300 metros até o posto Petrobrás. Em frente a este posto há um ponto de ônibus. Ao lado deste ponto (bem ao lado) pára a van da empresa Aerobus Ezeiza que te leva até a esquina da Av. Belgrano com a Paseo Colón, na sede da empresa, a 500 metros da Plaza de Mayo onde há uma estação de metrô.

 

A volta segue o mesmo esquema: na sede da empresa, na Av. Belgrano 254 (esquina com Paseo Colón) a van sai com destino a Ezeiza, e te larga na porta do embarque do Terminal A. As vans saem tanto do a eroporto quanto da Av. Belgrano das 8h às 18h nos dias úteis (só úteis) nos minutos 15 e 45 (8h15, 8h45, 9h15, 9h45, 10h15, etc…) É só esperar que a van aparece no aeroporto, ou está parada na sede da empresa para sair para o aeroporto.

 

São pontuais, e a viagem é direta, sem pontos de parada intermediários. Mais rápido que a Manuel Tienda León, e tão rápido quanto taxi. Em pouco mais de meia hora cumpre o trajeto. A vantagem: a passagem sai a 36 pesos (por pessoa sem bagagem), 70 pesos (com 1 mala) e 90 pesos (com 2 malas); não cobram mochila pequena ou mala de mão. Preços de fevereiro/2015. A desvantagem: só em dias úteis, das 8h às 18h. Fora deste horário, vá de Manuel Tienda Leõn, mesmo. Mas o serviço é eficiente, rápido e barato.

 

Ricardo

Kilkenny

Kilkenny: local encantador no interior da Irlanda

Em menos de 1h30 de trem, partindo de Dublin, você chega a Kilkenny – local encantador no interior da Irlanda. A cidade possui um castelo imenso, maravilhoso, rodeado de jardins e um parque enorme, ladeado por um rio tranquilo e espelhado.

 

A atmosfera é de retorno no tempo, tudo muito belo e tranquilo, com edificações medievais muito bem preservadas. Mas a rua de pedestres desmente tanto bucolismo – cheia de bares e restaurantes, é animada o dia inteiro, e tem um supermercado não condizente com o tamanho da cidade (acho que a cidade toda cabe lá dentro).

 

Dá perfeitamente para fazer um bate-e-volta de Dublin, mas não aconselho: é justamente de noite que Kilkenny ferve. Os pubs, muitos com música ao vivo e até mesmo sapateados a la Riverdance, bombam até de madrugada. Tudo sem taxas, vc paga somente o consumo, e contribui com a “sacolinha” se quiser.

 

Não deixem de tomar umas no pub Left Bank. A prícípio ele assusta – parece que estamos entrando em u m palácio! Mas os preços são os mesmos dos outros locais, sem nenhum acréscimo pelo luxo do ambiente. Viajamos no verão de 2014, logo não sei dizer como fica a cidade no inverno. Mas valeu cada um dos 3 dias que passamos lá.

 

Gloria

Colônia do Sacramento

Restaurante em Colônia do Sacramento

Amo Colônia de Sacramento mas desaconselho os restaurantes da rua General Flores, vou sempre a Colônia e o serviço dos restaurantes tem se transformado em pega turista..até um purê de batata estragado nos serviram..avisei e nem um centavo foi descontado da conta..bem gordinha!!!Fujam do Mercosur, e assemelhados..barata, banheiro sujo, serviço ruim, garçonete grosseira… tentem comer onde os moradores comem…andem pela cidade e descubram bons lugares…

Helô Vaz

Colônia do Sacramento

Dicas de Colônia de Sacramento

Acabo de voltar do Uruguai país que eu amo!! Bom em Colônia de Sacramento gostaria de dar dicas.

A primeira é de uma pousada barata, mas com cama boa, ar condicionado, TV, chuveiro bom e uma administradora que é um amor: a Cristina. A Pousada é Hostal de los Poetas e fica na Mangarelli, 675. Fica fora do Centro Histórico, mas nada que não se possa fazer a pé. O café é modesto mas a gente se sente em casa pra trazer frutas ou o que bem quiser pra “melhorar”, dá pra usar a cozinha, lavar alguma roupa, ótimo astral….Tem página no face com o nome Hotal de los Poetas.
A segunda é de comidinhas, restaurante onde a população moradora de Colônia come: Candelo Express, Av. Artigas 459. Preço justo, porções mais do que generosas, ingredientes frescos e a melhor carne que comi lá.
A terceira dica é de comidinhas também: Faça um lanche no Farollito. É um balcão com umas poucas mesinhas na calçada..empanadas e lanchinhos tudo baratinho fresco, bom e barato!!
Na General Flores tem uma sorveteria(de esquina/envidraçada) antiga perto do Cassino que é a mais barata e mais gostosa de Côlonia.
A feira Municipal de Artesanato vende lembranças bem legais por um preço bem mais barato que as lojinhas em geral.
Espero ter ajudado!!! Colônia é linda!!!

Helô Vaz

Eastbourne

Pequena e charmosa cidade na Inglaterra

Quando falamos na Inglaterra logo lembramos de Londres. Mas a terra da rainha tem uma gama de cidades pequenas e charmosas para nos apresentar e uma delas é Eastbourne, onde estive em abril de 2013 para um intercâmbio de um mês. Banhada pelo Canal da Mancha, Eastbourne é linda e acolhedora, e fica próxima a Brighton, que é um pouco mais conhecida. Para quem está planejando fazer um curso de inglês no Reino Unido Eastbourne é uma ótima opção.

 

Viviane Pereira de Souza Tessaroto

Santiago

Dicas de roteiro em Santiago

Chegamos ontem de Santiago do Chile. Cidade de primeiro mundo: quatro linhas de metrô, avenidas largas, arborizadas, calçadas largas, limpas. Povo educado. Os jovens se levantam no metrô para dar lugar aos mais velhos, têm prazer em dar informações. Sabem aproveitar as praças, curtindo o lanche com as crianças ou batendo papo com a galera.

Os passeios já foram descritos aqui:

 

1) Primeira coisa a fazer é pegar o ônibus da Turistik e dar uma geral na cidade. Depois fazer o circuito histórico, começando pelo Mercado Central/Plaza de Armas/Palácio de La Moneda (chegue às 9:30hs para ver a troca da Guarda em dias alternados)/Plaza de la Constituicion/Teatro Municipal e Cerro Santa Lucia. Nesse trajeto ande pelas Calles Ahumada e Huérfanos (calçadões que lembram as Ramblas de Barcelona).

 

2) Cerro San Cristoban e Bairro Bellavista.

 

3) Bairros Vitacura e Las Condes – Ficamos em Las Condes, no Hotel Director El Golf (muito bom, com salinha de jantar, sala de estar, ótimo banheiro e quarto com 2 camas king-size, pelo preço de um apartamento comum. O café da manhã é razoável). Esses bairros são muito bonitos, com belos prédios de apartamento, sem grades na portaria, você vê polícia na rua e muitos restaurantes na Av. Isadora Goyenechea. É a Ipanema de Santiago.

 

4) Vale Nevado – Imperdível. Alugue as roupas e curta a oportunidade. São fotos inesquecíveis.

 

5) Valparaíso e Viña Del Mar – Fomos indicados por um amigo e fizemos o passeio prive com o Sr. Wildo, wilvantur@gmail.com – Tel 7 549-5240. Excepcional guia: Paramos numa vinícola no caminho e ele nos levou em todos os lugares que eu havia anotado na minha pesquisa via Internet. Inclusive no ótimo Restaurante Castillo Del Mar. Ele conseguiu uma mesa ao lado da piscina e de frente pro mar, pois estávamos comemorando 46 anos de casamento. Este passeio também é imperdível: Valparaíso lembra o Bairro de Santa Tereza no Rio de Janeiro ou Caminito em Buenos Aires. Viña Del Mar é bem alegre e tem diversos atrativos para se ver.

 

6) Compras – Pegamos o metrô vermelho (linha 1). Saltamos na estação Los Heroes e pegamos o amarelo (linha 2) até o final (Vespúcio Norte). Pegamos o ônibus B-05 até o Buenaventura Premium Outlet e Easton Center (um do lado do outro). São os Woodbury de Santiago. Vale a pena apenas para roupas, sapatos e artigos esportivos. Mas a opção, talvez melhor e mais perto é o Parque Arauco.

 

7) Fomos também assistir ao show folclórico do Bali Hai. Muito bom. Vale a pena.

 

8) Visitamos a Feira de Artesanatos em Los Dominicos (final da linha vermelha 1) – São 160 lojas. Muitas de lapilazuli, a pedra local.

 

Os Transfers Aeroporto/Hotel/Aeroporto, Vale Nevado e Bali Hai fizemos pela Ruta Chile. Tudo tranquilo. Foram corretos.

 

Por Aniviel Barboza

 

Pequim

Transporte na China

Taxi na China é muito barato. Viagens curtas em torno de R$6, médias, R$15 e mais longas entre 30 e 50 reais. O mêtro em Pequim é muito prático, custa R$0,80, mas fique atento que o cartão do ticket só vale para o dia e para a estação em que você comprou. Mas você pode comprar um cartão para vários dias e colocar créditos, tanto nas máquinas como nos guichês. Em todas as estações há esteiras para bolsas e mochilas passarem pelo raio X.

Francisco

Paris

Alerta de acomodação

Se alguém vai a Paris e pretende alugar um apartamento com a Airbnb, EVITE um com o título \”Charme parisien proche Tour Eifel\”, de um policial estúpido chamado Lionel. A não ser que você queira pegar uma rinite alérgica, de tão sujo que é o apartamento.

Sergio

Pequim

Sugestão de hotel

As condições de higiene na China são muito ruins, por isso deve-se procurar ficar hotéis de padrão mais elevado. Em Pequim, eu fiquei no Swissotel, um 5 estrelas no bairro de Sanlitun, com uma estação de metrô na porta, e pagamos apenas US$90 o apartamento duplo. Em Xangai, ficamos no Mason, excelente 4 estrelas, pagamos também US$90.

Francisco

Moscou

Sugestão de hotel

Em Moscou, recomendo o excelente Hotel Mercure Paveletskaya, um excelente 4 estrelas, novinho em folha, próximo ao metrô, ultra-confortável. Pagamos apenas US$90, com café da manhã.

Francisco