BarbadasBarbadas e RoubadasRede de viagens

19.02.2002

Norte e Noroeste da Argentina

Noroeste e Norte da Argentina
Para quem acha que argentina é somente Buenos Aires com aquele pessoal de nariz em pé e castellano com sotaque italiano, estão bastante equivocados. São dezenas de lugares espetaculares, o trecho mais bonito da Cordilheira dos Andes, vinhos maravilhosos e uma argentina indígena que poucos conhecem. Tudo isso está no noroeste e norte da argentina. Na província Mendoza estão os clássicos vinhos, os povoados na cordilheira (bem na estrada que vai para Santiago do Chile) como Uspallata e Punta Vacas, lá paras alturas, bem na fronteira com o Chile está o parque Aconcágua, que oferece maravilhosas caminhadas (não só pra quem quer subir o Aconcágua). Na província de San Juan está o vale de Barreal, Las Hornillas, suas paisagens cordilheranas de cair o queixo, além do vale da lua e suas formações rochosas, Talampaya e seus cânions. Subindo já quase na fronteira com a Bolívia está Jujuy, indígena, rural, essa é a terra dos coyas, lá está a quebrada de humauaca e suas cidades históricas, lindas montanhas e rituais incas. Em Jujuy também se encontra a puna argentina, que nada mais é que o começo do altiplano boliviano, localizada a 3800msnm, possui salares (pensaram que só a Bolívia tinha salares?) lagoas com flamingos (pozuelos) e montanhas de mais de 6000m (el chañi). Agora com o peso lá em baixo é hora de conhecer essa parte da argentina, fácil de viajar, ótimos transportes, excelente comida e cultura rica, está montado o roteiro para o bom mochileiro.

Leonardo Nunes de Azevedo

Compartilhe por aí

Sobre o autor

Rolar para cima