Deserto do Atacama se cobre de flores em fenômeno atípico

Fotos por Mario Ruiz/EFE

 

No Chile, o Deserto do Atacama, o mais seco do mundo, tem surpreendido os visitantes nos últimos dias – e não exatamente em função dos vulcões, gêiseres e lagoas, mas sim pelas flores que têm colorido a região.

 

O acontecimento, resultado do fenômeno El Niño e da consequente mudança no padrão de chuvas no Chile, permitiu a germinação das sementes de espécies endêmicas do Atacama. No começo do ano, em particular no mês de março, intensas chuvas afetaram seriamente o norte do Chile – mesmo no deserto, o nível de precipitação foi bastante elevado. Segundo especialistas, a ausência de geadas também foi decisiva para permitir o desenvolvimento das flores.

 

Embora o florescimento no Atacama ocorra periodicamente, há 18 anos não acontecia com tanta intensidade. Dessa vez, mais de 200 espécies de flores cobriram o território, tornando-o um tapete multicolorido. Supõe-se que o fenômeno dure até o final de novembro e, até lá, são esperados cerca de 200.00 turistas.

 

Flores no Deserto do Atacama Flores no Deserto do Atacama Flores no Deserto do Atacama Flores no Deserto do Atacama Flores no Deserto do Atacama Flores no Deserto do Atacama Flores no Deserto do Atacama

Saiba mais: 

El Clarín

BBC



  1. Janete Scalco

    Conheci o Atacama, mas jamais imaginei, um dia, poder apreciar o “deserto florido”. Simplesmente maravilhoso. Parabéns para quem teve o privilégio de capturar estas belas imagens. Abençoado momento.

    Responder

Comentários

  • (will not be published)