BarbadasBarbadas e RoubadasRede de viagens

14.08.2007

Buenos Aires

Dicas de um brasileiro residente em Buenos Aires
Se vier de avião, não troque dinheiro nas casas de câmbio do aeroporto. Os bancos no próprio aeroporto costumam ter taxas de câmbio melhores, assim como outros locais na cidade. As casas de câmbio na cidade geralmente têm um câmbio razoável, mas as que estão em zonas turísticas (rua Florida, shoppings, etc.) nem tanto. As lojas grandes (supermercados, lojas em shoppings, etc.) costumam aceitar dólares (não reais) e às vezes sai mais barato pagar em dólares que pesos, mas pergunte o câmbio antes. Para traslados compridos na cidade, pergunte sobre remises a alguém de confiança (recepção do hotel, etc.). São carros particulares que fazem serviço de táxi sob pedido telefônico, mas têm um preço fixo por km. São mais baratos que táxis em viagens compridas e de quebra a volta sai de grátis se o motorista não tiver que esperar muito para voltar. Mas pergunte antes o preço, sempre tem algum espertinho… Tome sempre cuidado com tudo e todos, golpistas e ladrões estão por todas as partes.

AK

Compartilhe por aí

Sobre o autor

Rolar para cima