Atrações imperdíveis de Santiago

Batizada inicialmente como Santiago del Nuevo Extremo, a capital do Chile foi fundada em 12 de fevereiro de 1541 pelo conquistador espanhol Pedro de Valdivia. Passados exatos 475 anos, a cidade de mais de 5 milhões de habitantes se tornou uma das grandes metrópoles da América do Sul.

 

Não há um grande monumento, bairro ou edificação que a sintetize, mas sim um conjunto de atrações que compõem uma harmoniosa metrópole. Vista como uma cidade organizada, limpa e habitada por um povo bem-educado, Santiago pode ser uma bela introdução à cultura contemporânea chilena.

 

Conheça oito atrações para visitar em Santiago:

 

Palacio de la Moneda

Sede do governo chileno | Foto por Rodrigo Correia (CC BY-NC-SA 2.0)

Sede do governo chileno | Foto por Rodrigo Correia (CC BY-NC-SA 2.0)

 

Símbolo da capital chilena, o palácio foi inaugurado em 1805 como Casa da Moeda, mas atualmente é a sede do governo federal. É possível participar de visitas guiadas gratuitas, mediante agendamento, e conhecer alguns espaços internos, como salões e pátios, enquanto se aprende sobre a história do Chile. Como todo palácio que se preze, tem troca de guarda a cada dois dias.

 

Cerro Santa Lucía

Topo do Cerro garante uma bela vista da cidade e da Cordilheira | Foto por Rodrigo Pizarro (CC BY-SA 2.0)

Topo do Cerro garante uma bela vista da cidade e da Cordilheira | Foto por Rodrigo Pizarro (CC BY-SA 2.0)

 

Do topo desse morro de 70m, localizado na região central da cidade, em dias claros tem-se uma bela vista de Santiago e da Cordilheira dos Andes. Um passeio por aqui envolve apreciar monumentos, fontes e jardins. A atmosfera e a tranquilidade do morro é das mais contagiantes, só não é muito recomendável caminhar por aqui durante a noite.

 

Dicas para economizar numa viagem à Santiago, no Chile

 

La Chascona – Casa Museo Pablo Neruda

Detalhes dos objetos de Neruda no Museu La Chascona | Foto por Karla Lopez (CC BY-NC-SA 2.0)

Detalhes dos objetos de Neruda no Museu La Chascona | Foto por Karla Lopez (CC BY-NC-SA 2.0)

 

Nesta casa, destinada a difundir a vida de Pablo Neruda, é possível saber mais sobre o poeta enquanto se confere seus objetos pessoais e se percorre os cômodos da residência. O nome do museu é uma homenagem à Matilde Urrutia, amante de Neruda (chascona, ou “descabelada”, seu apelido) que anos mais tarde se tornaria sua terceira esposa.

 

Patio Bellavista

Patio Bellavista oferece uma variada oferta gastronômica | Foto por Roberto Cutts (CC BY 2.0)

Patio Bellavista oferece uma variada oferta gastronômica | Foto por Roberto Cutts (CC BY 2.0)

 

Espécie de complexo gastronômico e comercial, o Patio Bellavista, localizado no bairro de mesmo nome, reúne restaurantes descolados e lojinhas de artesanato e de design diferenciado. Um passeio por aqui pode ser ideal tanto para um almoço num restaurante de culinária chilena, italiana ou irlandesa, como para uma pausa em uma cafeteria durante a tarde.

 

Museo de la Memoria y dos Derechos Humanos

A arrojada arquitetura do museu dedicado às vítimas da ditadura de Pinochet | Foto por stephannie fell (CC BY-NC-SA 2.0)

Museu dedicado às vítimas da ditadura de Pinochet | Foto por stephannie fell (CC BY-NC-SA 2.0)

 

Por meio de fotos, vídeos e materiais diversos, esse museu homenageia as vítimas e os desaparecidos durante a ditadura do governo Pinochet. Sem dúvida, uma bela aula da história recente da América Latina. De bônus, a arrojada arquitetura do prédio, que ajuda a tornar a visita ainda mais instigante.

 

Valle Nevado e Parque El Morado: dois passeios para o verão chileno

 

Parque da las Esculturas

Escultura "Desterrando", de Jorge Abbondanza e Enrique Silveira | Foto por Hoverfish (CC BY-SA 3.0)

Escultura “Desterrando”, de Jorge Abbondanza e Enrique Silveira | Foto por Hoverfish (CC BY-SA 3.0)

Uma espécie de museu ao ar livre, esse parque no bairro de Providencia é o único do gênero na América Latina. O local foi inaugurado em 1986 para expor, num ambiente natural, obras de artistas plásticos chilenos consagrados. No total, são mais de 30 esculturas contemporâneas, de diversos materiais, tamanhos e formatos.

 

Sky Costanera

Costanera Center, o prédio mais alto do Chile e da América do Sul, se destaca | Foto por Gonzalo Baeza H (CC BY 2.0)

O prédio mais alto do Chile e da América do Sul | Foto por Gonzalo Baeza H (CC BY 2.0)

 

Inaugurado em 2015, o Sky Costanera é o mirante mais alto da América Latina – está a 300m de altura e proporciona uma vista panorâmica de 360º da cidade. A atração está nos dois últimos andares (61º e 62º) do prédio comercial Costanera Center, o mais alto do Chile, no bairro de Providencia.

 

Centro Artesanal Pueblito Los Dominicos

Local ideal para comprar artesanato em Santiago | Foto por Alberto beaudroit (CC BY-SA 4.0)

Local ideal para comprar artesanato em Santiago | Foto por Alberto beaudroit (CC BY-SA 4.0)

 

Para quem curte levar lembrancinhas dos destinos visitados, esse centro de artesanato, que reúne mais de 150 expositores, é o lugar ideal. O grande diferencial fica por conta da charmosa estrutura do local, cujas casas feitas de barro e palha parecem uma pequena amostra do Chile rural.