4 motivos para conhecer Joinville

Rua das Palmeiras | Foto por Fagundes

Rua das Palmeiras | Foto por Fagundes

 

Por Bruna Cazzolato Ribeiro

 

A maior cidade do estado de Santa Catarina fica entre Curitiba e Florianópolis. A história conta que Joinville foi um presente de casamento ao príncipe de Joinville, Francisco Fernando de Orléans (filho de Luis Filipe I), e à sua esposa, Dona de Francisca de Bragança (filha de Dom Pedro I), que nunca chegaram a visitar a cidade. Se o príncipe não visitou, nós podemos conhecer sua casa e também descobrir tudo o que ele perdeu.  Aqui vão quatro motivos para você conhecer a cidade:

 

1. Cultura alemã

Muitos alemães desembarcaram nesta região catarinense. A cultura alemã está espalhada em toda a cidade, desde a arquitetura até a comida – o Biergarten é o restaurante de comida alemã mais tradicional de Joinville. Não esqueça de observar as casinhas enxaimel (estilo germânico de construção de chalés) durante sua passagem por aqui. Repare também nos nomes das ruas homenageando os antigos moradores alemães.

 

2. Turismo rural

A Estrada Bonita, localizada no km 20 da BR-101 e só acessível de carro, apresenta o lado bucólico da cidade. Durante o trajeto é possível visitar lojas que vendem produtos característicos da região como melado de cana, cuca e queijo koch käse (um queijinho cremoso). O rio Bonito aparece em parte da estrada, mas é difícil encontrar um espaço para nadar no verão, quando os visitantes aproveitam o rio para se refrescar do forte calor da região. No caminho para a cidade de São Bento do Sul está localizado o mirante da Dona Francisca, com vista para a mata exuberante da serra da Dona Francisca.

 

3. Confeitarias deliciosas

É quase impossível resistir aos doces bem feitos das diversas confeitarias da cidade – é muito comum encontrar doces com nata. A torta alemã, conhecida também por torta holandesa, agrada o paladar – e é em Joinville que você provará uma das versões mais leves que existe. Não deixe de saborear a clássica da confeitaria São José. Prove também a cuca de queijo da confeitaria Amor e Canela. Além dessas casas de doce, também são bem conhecidas a Brothaus e a Viktoria.

 

4. Passeios diversificados

Se existe um passeio bacana pra fazer em Joinville é curtir o sábado no mercado municipal da cidade. O local foi todo restaurado e agora é possível tomar boas cervejas por ali. O Stammhaus Café oferece mesinhas embaixo de um enorme flamboyant. A cidade ainda possui alguns museus: o Museu Arqueológico do Sambaqui, a casa do príncipe (e a rua das Palmeiras) e o Museu de Arte de Joinville, que tem um belo jardim. O Zoobotânico e também os jardins da Expoville são ótimas opções para fazer um piquenique ou aproveitar o dia ao ar livre.

 

Se ainda assim esses motivos não te convencem a conhecer Joinville, converse com algum joinvilense, eles sempre apresentam um bom motivo para te fazer querer conhecer a cidade.

 

Como visitar a cidade

– Joinville está a aproximados 130km de Curitiba e 175km de Florianópolis pela estrada BR-101. Se preferir ir de avião, o aeroporto fica distante 13 quilômetros do centro. Para conseguir se locomover com facilidade por Joinville, a indicação é passear de carro, porém existem ônibus que passam no aeroporto. Atenção: repare que na cidade só é possível fazer baldeação nos terminais.

 

Curiosidades

– Você pode pensar que Joinville, por ficar no sul, é sempre fria. Esqueça! No verão a temperatura é bem quente – bem quente mesmo. Em 12 de janeiro de 2015, os termômetros chegaram a marcar 40,2°C em Joinville, com sensação térmica de 51°C.

 

– Por estar no nível do mar, Joinville é chuvosa. Mantenha seu guarda chuva em mãos.

 

– Joinville é conhecida como a cidade das bicicletas… mas ainda não existem ciclovias em boa parte da cidade. O carro facilita o deslocamento entre os pontos da cidade, especialmente se você tiver somente um final de semana.